15/12/2008




COMPREI UM BUQUE

Comprei um buque
De lindas rosas vermelhas e brancas
São do bem querer
Hei de amar até morrer

Meu amor é muito lindo
Muito lindo ele é
Encontrei no mercado
E nunca esquecerei.




TURMA:31
SÉRIE:3ª
nome:Gyan


13/11/2008

Dia do Diretor- 12 de novembro


Nossa Homenagem a todos os diretores de escolas e principalmente a nossa diretora Teresa Avozani:
"Quero que saiba que sua ajuda me foi de grande valia.
E quero que saiba que pessoas tão especiais como você estão sempre prontas para fortalecer o aprendizado, a cultura.

Eu procuro olhar dentro dos corações das pessoas, porque sabemos que é de lá que extraímos o que temos de melhor.

Obrigado por sua atenção e pelo carinho dedicado.
Tudo o que fazemos pensando em ajudar ao próximo, pela própria lei da natureza, nos é devolvido em dobro.

Só entendemos direito o milagre da vida quando deixamos que o inesperado aconteça.

Que o Universo te cubra de bênçãos e seja sempre muito feliz.

Muito obrigado!
Parabéns pelo seu dia!! "

Autor: (Desconhecido)

08/11/2008

Aniversário da nossa Escola






Mães e profes preparando os cachorros-quentes para a festa do Arruda.




Foi linda a festa de anviversário de 55 anos da nossa escola. As apresentações artísticas, o envolvimento das mães, e de todos que trabalham na escola foi muito bom. Neste momento postaremos apenas um slide representativo, mas nos próximos dias divulgaremos todos os fatos importantes, em forma de víde. Aguardem.
A nova rainha da Escola é Mariana Weissheimer de Matos e o Garotão é Renato Silva da Rosa.
A eles nossos parabéns.









06/11/2008

Comemorações do Aniversário da Escola




05 de novembro é comemorado o dia de nossa Escola, dia da Cultura e da Ciência em homenagem ao Patrono, Manuel Arruda Câmara. professor naturalista brasileiro. Temos muitas atividades comemorativas acontecendo esta semana na escola. Todas as turmas visitaram este blog na sala digital e conheceram dados sobre o histórico de nossa escola. Ontem aconteceu uma brincadeira de Passa e Repassa com representantes de cada turma respondendo questões sobre nossa história.

04/11/2008

28/10/2008

APERFEIÇOANDO CONHECIMENTOS


O corpo docente da escola e a equipe diretiva participaram ontem de mais um encontro de Formação Continuada, à noite, nas dependências da escola.

Tivemos como palestrante a conceituadíssima professora Nelva Tibola, que em seu pronunciamento sobre Currículos ..... enfatizou a importância do trabalho em equipe na elaboração, montagem e aplicação dos Plano Curricular da Escola. A importância de expressar através dos conteúdos e metodologia, a Proposta Pedagógica da escola. Reforçou a importância de a escola manter atenção aos "4 pilares da educação" quais sejam:

aprender a conhecer

aprender a fazer

aprender a viver juntos

aprender a ser

Foi uma oportunidade de crescimento para quem se fez presente.Estes encontros podem ser definidos como ferramentas que estão sendo oferecidas para que acompanhemos a evolução na educação, não fiquemos estagnadas, vendo o progresso acontecer. Precisamos fazer parte da evolução do pensamento e da tecnologia.

À professora Nelva , nosso muito obrigado.

DIA DO FUNCIONÁRIO PÚBLICO














Hoje se comemora o dia do Funcionário Público, e não poderíamos deixar de prestar nossa homenagem a estes colegas cujo trabalho é imprescindível para viabilizar o funcionamento de toda a sociedade.São eles que organizam nossa vida funcional,nos proporcionam ambientes agradáveis ao convívio, elaboram, com todo carinho, a merenda escolar, nos dão apoio pedagógico,através de vários setores, e inúmeras outras ações, sem as quais nossa vida seria bem mais difícil. Parabéns pelo seu dia e obrigada pelo muito que fazem por toda a nossa comunidade escolar.

HISTÓRICO DA ESCOLA





ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL MANUEL ARRUDA CÂMARA

HISTÓRICO DA ESCOLA
O terreno para a construção da escola foi doado em 1942, pelos proprietários Moisés Fassini e José Annoni.
Aproximadamente em 1943 foi construída a Escola Municipal do Laranjal, era um prédio de madeira com 4 salas de aula com capacidade para 100 alunos.
Em 11/02/1953 é criada a Escola Isolada do Laranjal, com matrícula inicial de 54 alunos, de 1ª a 4ª série, atendidos pela Professora Cecy Lima Coutinho.
Em 07/08/1953 assumiu a 2ª professora, Suely Lima Martins.
Em 07/12/1958, recebe a denominação de Grupo Escolar Manuel Arruda Câmara.
Em 1962, a escola passou a funcionar em prédio de alvenaria com 2 blocos e 7 salas de aula.
Em 1977, foi feito um aumento no bloco 1 com recurso obtido com promoções.
Em 1978, foi construído mais um bloco para 3 salas de aula.
Em 22/12/79, foi entregue os certificados a 31 alunos da 1ª turma, concluintes do 1º Grau.
Em 22/04/81 é reorganizada a escola, passando então a denominar-se E.E. de 1º Grau Manuel Arruda Câmara.
Em 1994 houve o projeto mutirão também com verbas do governo para pintura da escola e reforma de toda a calçada do pátio.
Em 2000 recebe a atual denominação de Escola Estadual de Ensino Fundamental Manuel Arruda Câmara.
Em 2002 assume a direção, a professora Teresa Avozani.

DIRETORAS

Várias diretoras já passaram por nossa escola:

1) Cecy Lima Coutinho 1953 - 1954
2) Suely Lima Martins 1954 - 1955
3) Nilza Lima Hofmeister 1955 - 1956
4) Suely Lima Martins 1956 - 1957
5) Maria Judith Vescia Pompeu 1957 - 1963
6) Adolfina Feistauer Wentz 1963 - 1965
7) Erica Therezinha Zimmer 1965 - 1969
8) Odélia Gomes Marcondes 1969 - 1972
9) Marlei Rorhig 1972 - 1974
10) Maria Onilda de Souza Presser 1974 - 1986
11) Juvenira Danieli Brandelero 1986 - 1991
12) Almira de Arruda Birk 1991 - 1995
13) Déspina Nicolacópolus 1995 - 1997
14) Elizete Gelain 1998 - 1999
15) Marina Leiria Sohne 2000 - 2001
16) Teresa Avozani 2002 até a presente data.


Atualmente (2012), a escola possui 7 turmas de séries finais do Ensino Fundamental e 9 turmas de séries iniciais, com um total de aproximadamente 420 alunos.
O quadro de recursos humanos é formado por 30 professores e 10 funcionárias.
Possui uma sala digital, com 10 computadores.
Desenvolve o Projeto UCA - Um computador por aluno.


EQUIPE DIRETIVA ATUAL - 2012:

Diretora - Gelsi de Oliveira
Vice-Diretora da manhã - Elizete Gelain
Vice-Diretora da tarde - Mônica Mazzutti Colognese
Coordenadora turno da manhã - Ana Rúbia Bonamigo Pretto
Coordenadora turno da tarde - Isabel Boeni Miguel
Orientação Educacional - Lisiane Kipper d'Ávila e Silvana Meira

Funcionam na Escola as seguintes instituições:

- Círculo de Pais e Mestres;
- Biblioteca Machado de Assis;
- Conselho Escolar;
- Grêmio Estudantil Manuel Arruda Câmara;

O Dia da Escola é comemorado em 05 de novembro, Dia da Cultura e da Ciência, em homenagem ao Patrono da Escola, Manuel Arruda Câmara, professor naturalista brasileiro.
A Escola tem como objetivo oportunizar a formação de cidadãos críticos, conscientes e criativos, participantes da transformação social, e como filosofia a missão educativa da E.E. de 1º Grau Manuel Arruda Câmara, baseia-se na formação de cidadãos responsáveis, conscientes e fraternos. Caracteriza-se como lutadora, participativa, estando sempre presente em manifestações sociais, culturais e educativas, buscando uma escola pública e democrática.

PRIMEIRA TURMA DA ESCOLA
Gilda Pedrotti, Ivone Vegermann, Iracema F. Locatelli, Jaci de Moura, Lídia R. Barcelos, Algemiro da Silva, Ireneo Vollmer, Loderi R. Moreira, Lucindo Machado, Natal Rodrigues, Noemi Moraes


HISTÓRIA DA NOSSA BANDEIRA


A bandeira da escola foi criada na gestão da diretora Odélia Gomes Marcondes (1969-1972), com a colaboração dos professores .
O azul representa o infinito, a cultura, o aprender sempre mais, o universo do saber.
O amarelo representa a riqueza do saber, o enriquecimento do aluno através do aprendizado.
O sol representa os meios para difundir a cultura.
O losango representa o professor ( o elo de ligação entre o saber e o aluno).
Os círculos pequenos representam o aluno.
Os raios de sol representam a difusão do saber.

22/10/2008

ESCOLHA DO GAROTÃO E DA GAROTINHA DO ARRUDA





Ontem à tarde, aconteceu um belo desfile de candidatos mirins à Garoto e Garota da Escola para representá-la no ano de 2009.


Esta foi uma das atividades culturais realizadas em comemoração ao aniversário da escola, como tradicionalmente acontece.

Houve a participação de muitos candidatos para dar brilho ao evento.
Dentre eles foram escolhidos AMANDA DUTRA LEITE , de 8 anos, cursa a segunda série e SAMUEL PATRICK DA SILVA SOUZA, de 9 anos, cursa a terceira série.
A todos que participaram do desfile, fica o agradecimento da escola e aos ganhadores do título, os nossos parabéns.

20/10/2008

Comemorando nosso dia.



No Dia do Professor comemoramos da melhor maneira possível esta data: dando aula.
Hoje, dia 16, recebemos mais um presente de nossa diretora e e colaboradores especiais. Durante toda a tarde, nossa escola esteve agitada com a presença de uma maquiadora e uma equipe fotográfica .
Num gentil patrocínio da empresa carazinhense de cosméticos MARCHETTI, através da maquiadora SIMONE , todas as professoras e funcionárias tiveram suas belezas ressaltadas por lindas maquiagens, a cujos patrocinadores agradecemos imensamente. Agradecemos também à competente maquiadora Simone, que foi incansável e muito gentil conosco. Logo após a seção de embelezamento, todas foram fotografadas por uma equipe de fotógrafos profissionais.
Foi um dia diferente em nossas rotinas. Uma maneira legal de levantar a auto-estima.

15/10/2008

DIA DO PROFESSOR

Hoje é um dia especial para nós, professores.
É o dia em que recebemos homenagens pela importância de nosso trabalho.
Em nossa escola,ao chegarmos , fomos gentilmente recebidas pela diretora, que nos ofereceu um lindo botão de rosa acompanhado de um cartão e mais um "mimo" produzido pela sua equipe.As homenagens continuaram. Nosso recreio foi carinhosamente diferenciado.Saboreamos ao redor de uma linda mesa,um delicioso chá com torta (especialmente preparados pela diretora e funcionárias).E ainda recebemos uma maravilhosa "pasta escolar", personalizada. O Grêmio estudantil nos presenteou com lindas violetas. Foi um dia perfeito. Tão gratificante quanto os presentes recebidos é o clima de confraternização entre todos nós. Agradecemos o carinho de todos.
Abaixo ilustramos nosso recreio
.


09/10/2008

Outubro- Mês da criança




"A melhor maneira de tornar as crianças boas, é torná-las felizes." (Oscar Wilde)
Estamos em outubro. Em nossa escola temos o mês da criança, com atividades especiais acontecendo em todas as semanas deste mês.Tivemos na terça-feira o soletrando com todas as turmas das séries iniciais. Na quarta foi o dia do cinema e do passeio na Praça, na Prefeitura, na Igreja Matriz. E a programação continua, tem festas na salas de aula, tem concurso de fantasia, tem escolha do garoto e garota, show de talentos e piquenique no final do ano. É muito bom ser criança, MAS SER CRIANÇA NO ARRUDA É MELHOR AINDA!

29/09/2008

Machado de Assis _ Centenário de sua morte


Na data de hoje é celebrado o 1º centenário da morte de Machado de Assis, patrono de nossa biblioteca.
Veja sua rica biografia.
Para ilustrar sua rica bibliografia, escolhemos para dividir com você o famoso texto "Um apólogo".
Um Apólogo
Machado de Assis
Era uma vez uma agulha, que disse a um novelo de linha:
— Por que está você com esse ar, toda cheia de si, toda enrolada, para fingir que vale alguma cousa neste mundo?
— Deixe-me, senhora.
— Que a deixe? Que a deixe, por quê? Porque lhe digo que está com um ar insuportável? Repito que sim, e falarei sempre que me der na cabeça.
— Que cabeça, senhora? A senhora não é alfinete, é agulha. Agulha não tem cabeça. Que lhe importa o meu ar? Cada qual tem o ar que Deus lhe deu. Importe-se com a sua vida e deixe a dos outros.
— Mas você é orgulhosa.
— Decerto que sou.
— Mas por quê?
— É boa! Porque coso. Então os vestidos e enfeites de nossa ama, quem é que os cose, senão eu?
— Você? Esta agora é melhor. Você é que os cose? Você ignora que quem os cose sou eu e muito eu?
— Você fura o pano, nada mais; eu é que coso, prendo um pedaço ao outro, dou feição aos babados...
— Sim, mas que vale isso? Eu é que furo o pano, vou adiante, puxando por você, que vem atrás obedecendo ao que eu faço e mando...
— Também os batedores vão adiante do imperador.
— Você é imperador?
— Não digo isso. Mas a verdade é que você faz um papel subalterno, indo adiante; vai só mostrando o caminho, vai fazendo o trabalho obscuro e ínfimo. Eu é que prendo, ligo, ajunto...
Estavam nisto, quando a costureira chegou à casa da baronesa. Não sei se disse que isto se passava em casa de uma baronesa, que tinha a modista ao pé de si, para não andar atrás dela. Chegou a costureira, pegou do pano, pegou da agulha, pegou da linha, enfiou a linha na agulha, e entrou a coser. Uma e outra iam andando orgulhosas, pelo pano adiante, que era a melhor das sedas, entre os dedos da costureira, ágeis como os galgos de Diana — para dar a isto uma cor poética. E dizia a agulha:
— Então, senhora linha, ainda teima no que dizia há pouco? Não repara que esta distinta costureira só se importa comigo; eu é que vou aqui entre os dedos dela, unidinha a eles, furando abaixo e acima...
A linha não respondia; ia andando. Buraco aberto pela agulha era logo enchido por ela, silenciosa e ativa, como quem sabe o que faz, e não está para ouvir palavras loucas. A agulha, vendo que ela não lhe dava resposta, calou-se também, e foi andando. E era tudo silêncio na saleta de costura; não se ouvia mais que o plic-plic-plic-plic da agulha no pano. Caindo o sol, a costureira dobrou a costura, para o dia seguinte. Continuou ainda nessa e no outro, até que no quarto acabou a obra, e ficou esperando o baile.
Veio a noite do baile, e a baronesa vestiu-se. A costureira, que a ajudou a vestir-se, levava a agulha espetada no corpinho, para dar algum ponto necessário. E enquanto compunha o vestido da bela dama, e puxava de um lado ou outro, arregaçava daqui ou dali, alisando, abotoando, acolchetando, a linha para mofar da agulha, perguntou-lhe:
— Ora, agora, diga-me, quem é que vai ao baile, no corpo da baronesa, fazendo parte do vestido e da elegância? Quem é que vai dançar com ministros e diplomatas, enquanto você volta para a caixinha da costureira, antes de ir para o balaio das mucamas? Vamos, diga lá.
Parece que a agulha não disse nada; mas um alfinete, de cabeça grande e não menor experiência, murmurou à pobre agulha:
— Anda, aprende, tola. Cansas-te em abrir caminho para ela e ela é que vai gozar da vida, enquanto aí ficas na caixinha de costura. Faze como eu, que não abro caminho para ninguém. Onde me espetam, fico.
Contei esta história a um professor de melancolia, que me disse, abanando a cabeça:
— Também eu tenho servido de agulha a muita linha ordinária!

Texto extraído do livro "Para Gostar de Ler - Volume 9 - Contos", Editora Ática - São Paulo, 1984, pág. 59.

20/09/2008

ARRUDA- 55 ANOS DE HISTÓRIA - DEPOIMENTOS


20/09/08 (Profª Catarina)
"Vou escrever algumas coisas marcantes, do meu tempo de escola Arruda Câmara. Comecei a trabalhar em março de 1978 e me aposentei em agosto de 2000. Como cheguei na escola.Morava em Santa Bárbara do Sul, me casei com AlcidesBarbosa, de Carazinho. Fui transferida em março de 1978. Em Passo Fundo me disseram que eu iria trabalhar na escola Laranjal. Quando cheguei, encontrei a Juvenira Brandelero, que já tinha sido minha colega naquela cidade.Quem me recepcionou foi a Professora Vanede. Me senti muito bem acolhida pela direção, sob o comando da D. Maria Onilde de Souza Presser.Lembro-me de que só tinha até a sétima série. E a aluna que mais marcou foi a Elena Maria Lubian, pelo capricho e dedicação.Em abril, não tenho bem certeza, iniciou o noturno...com sexta e sétima séries. Fizemos uma campanha para termos alunos na quinta, no final daquele ano. Então, em 1979 já tínhamos as quatro séries no noturno. Tenho vivo na minha memória, este tempo de Arruda Câmara.Procurei fazer bem feita a minha parte, como educadora. Me sentia à vontade para dar minhas aulas, sempre usando a criatividade. Gostava de cantar, dançar, contar causos, fazer eleições simuladas, contar piadas, fazer meditação. Trabalhávamos a teoria na sala de aula, depois íamos para a prática. Aulas que me marcaram, são tantas mas vou citar algumas. NOTURNO
1.eleição simulada para cargos públicos, nas três esferas.
2.festas organizadas pelos alunos, de toda a escola, paracomemorar o dia dos trabalhadores em educação
3.visita na fábrica de Papelão Zebu
4. filme sobre a reciclagem da água na Alemanha ( professor Wolfgang, foi o responsável).
5.eleição para Diretora da escola, a primeira, onde foi eleita uma lista tríplice, o assunto foi abordado nas aulas. A Juvenira Danielli Braandelero foi a escolhida, de uma lista com três nomes. Lembro-me que o slogan era "Muda Arruda".
6.Visitas na Câmara de Vereadores, acompanhando trabalho dos vereadores
7.Visita no CTG Alfredo D'Amore, participando da Missa Crioula, de fandangos, das rondas na SEMANA FARROUPILHA .
DIURNO ( a partir de l991)
1.Júris simulados com as sétimas e oitavas séries, nas aulas de História.
2.Fandango na sala de aula, na SEMANA FARROUPILHA.
3.Visitas na Biblioteca Pública
4.Visitas nas emissoras de rádio, com os alunos participando ao vivo
5.Visitas nas empresas do Bairro
6.Observação da natureza, erosões, córregos...
7.Visita na empresa distribuidora de calcáreo, no Bairro FEY
8.Trabalho de geografia, transformação da matéria-prima. Visita numa fábrica de sofás, no bairro Conceição.Tenho um sofá, apresentado por um aluno da quinta-série, como relíquia..ADEMIR SCHNEIDER me presenteou.
9.Aulas de EMOCI, assunto Prevenção de acidentes: no trânsito, em casa, no trabalho. Depois dos estudos íamos para o trevo da BR 285 observar como os motoristas dirigiam. Se usavam cinto de segurança.
10.Aulas na Rua, na frente da escola...na Igreja de Fátima, no tempo do PROJETO MELHORIA, do então Governador Collares e a secretária de educação Neusa Canabarro. Aulas de lutas pela DEMOCRACIA NA ESCOLA PÚBLICA, pela valorização dos trabalhadores em educação. Nossa líder era a Déspina Nicolacópolus. Com ela aprendi não ter medo de governo, nem de direção de escola...das ameaças.
11.aula de história com: concurso de caretas, teatros, mímicas, danças, piadas dramatizadas, declamações, versinhos, imitações... Sempre em parceria com os alunos, a gente combinava no início das aulas para estudarmos os conteúdos, e depois disso um tempo para as nossas artes. Até eu fui julgada pelos alunos, uma turma de oitava série, num fato de indisciplina. A coordenadora pedagógica era a colega Marinês da Rocha.
12. Aula de História, oitava série, inicio do horário de verão...Batalha Aérea...para despertar a turma, no primeiro período numa segunda-feira. Assunto SEGUNDA GUERRA MUNDIAL. Recursos aviãozinho de papel.
Lembrei-me de alguns momentos do nosso Arruda! Em 1984, grávida do Fabiano, e com as três meninas pequenas (Juliana 7 anos, Cristiane 4, Luciane 3), para não deixar meus alunos na mão, últimos meses de aula, levava à noite por várias vezes, as minhas três filhas pequenas. Morava na rua Passo Fundo, Bairro Fey. Atravessava o trevo. Elas não me incomodavam. Brincavam no pátio da escola. A Marli, funcionária da escola, poderá confirmar este fato.O Fabiano nasceu dia 3 de janeiro de 1985.Aqui vai, tarde, mas em tempo, meus agradecimentos à direção do noturno, que não interferia na situação. Só que não me lembro quem era a vice do noturno. Erica Vogelmann era a coordenadora pedagógica. A ESCOLA MANUEL ARRUDA CÂMARA, foi a minha segunda família. Tenho orgulho de ter tido a oportunidade de exercer minha profissão, durante 23 anos nesta conceituada escola. Trabalhei no noturno, desde o início. Me aposentei no noturno. Meus alunos,eram meus seguranças, quando ia para casa. Meu coração tem um cantinho especial, onde carrego a comunidade do ARRUDA. Nas minhas preces agradeço a DEUS, por ter me guiado, me ajudado... a ser, sempre, uma professora amiga, dos meus alunos. Nunca neguei uma ajuda quando me procuravam, no final da aula, no recreio, até mesmo na minha casa.Não fui perfeita, pois sou humana. Mas tenho a minha consciência do DEVER CUMPRIDO."(Maria Catarina Winck)

25/03/08- 19:36' Ex aluna visitou nosso blog e deixou seu comentário:
"Estudei nesta Escola no ano de 1975 a minha Professora chama-se Vitória. Lembro-me que morava na Vila Borghetti e saía de minha casa caminhava pela rua, era uma subida bem grande no final desta rua dobrava à esquerda e lá estava minha escola.Outra curiosidade, sou bisneta do 1º professor da Cidade de Carazinho, Políbio do Valle, cujo nome foi dado a uma Escola também em Carazinho. Como é bonito a gente verificar que a história é feita por nós e cada um tem sua parcela de contribuição. Parabéns a todos por esta iniciativa e mais uma Parabéns ao Arruda pelos seus 55 anos."(Ana Márcia do Valle Corrêa)
22/08/08 18:46
Adriano disse...
Parabéns a esta Escola que tenho orgulho de ter iniciado os meus estudos. Parabéns
22/08/08 18:38

08/09/08- Sr. Alceno-Presidente do CPM

"RELATO SOBRE A MINHA PARTICIPAÇÃO JUNTO A ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL MANUEL ARRUDA CÂMARA.

QUANDO SE COMPLETAM 55 ANOS DE UMA HISTÓRIA DE MUITA LUTA E SUCESSO, NÃO PODERIA DEIXAR DE EXTERNAR OS MEUS AGRADECIMENTOS, EM ESPECIAL, A TODA A COMUNIDADE ESTUDANTIL QUE FAZ PARTE DA ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL MANUEL ARRUDA CÂMARA, ONDE A MINHA PARTICIPAÇÃO TEM SIDO COMO UMA SIMPLES E SINGELA SOMA DE ESFORÇOS, DE DEDICAÇÃO, PERSEVERANÇA E DE COOPERAÇÃO PARA JUNTOS PODERMOS NOS FORTIFICAR E CONSTRUIR UMA SOCIEDADE MAIS JUSTA.
POIS TODOS ESTES ESFORÇOS REALIZADOS NO DIA A DIA SÃO EXCLUSIVAMENTE COM UMA ÚNICA FINALIDADE PARA QUE OS NOSSOS FILHOS, QUE HOJE DESFRUTAM DOS APRENDIZADOS DESTE IMPORTANTE EDUCANDÁRIO , TENHAM UM FUTURO MELHOR E MAIS PROMISSOR. "
ALCENO JOSE SILVEIRA(Presidente do CPM da Escola) 08/09/08

18/09/2008

Carreteiro Farroupilha na Escola














Nesta quinta-feira realizamos um carreteiro para os alunos do turno da manhã.Continuando as comemorações da Semana Farroupilha!

Hoje, o carreteiro foi para o turno da tarde.
Nos dois dias houve apresentações artísticas do CTG Vento Minuano, com invernada mirim, sob o comando do instrutor Giovani Batista, a quem agradecemos a colaboração.







17/09/2008

Semana Farroupilha



















Para comemorar a Semana Farroupilha, todos os professores estão trabalhando o tema com seus alunos em sala de aula .E também houve palestra com a professora Marisa Leiria Wergütz, que voluntariamente falou a todas as turmas da escola no decorrer desta semana, sobre indumentária, usos e costumes, alimentação, tradições gauchescas.Haverá, também um carreteiro oferecido para todos os alunos, bem como, mateada para celebrar a data.

02/09/2008

Comemorações de 7 de Setembro

Apresentações

5ª série apresentou um jogral de um texto de exaltação ao amor.

video
6ª série declamou a poesia "Canção do Exílio"
7ª série cantou a música "Eu te amo meu Brasil." ~

8ª série declamou a poesia "Pátria amada".











3ª série
Cantou a música "Eu te amo, meu Brasil".
2ª série
cantou a música "Brasil Preservação"











2° ano
Poesia de louvor à Independência











4ª série

dramatização sobre a Independência
declamação da canção do exílio










1º ano
canto e poesia sobre o meio ambiente